ptenfrdeitrues

Hermetismo

Hermetismo, Maçonaria, Grande Loja Simbólica de Portugal, Grande Loja Simbólica da Lusitania, Rito Memphis Misraim.jpg

Hermes Trismegistus, atribuído a Stefano di Giovanni. Duomo de Siena, 1488. Na legenda sob a figura central lê-se "Hermes Mercurius Trismegistus, contemporâneo de Moisés".

O Hermetismo é um movimento de estudo e prática da filosofia oculta e magia.

O Hermetismo ganhou força na Europa Ocidental durante o Renascimento (1) e mais tarde no Séc. XIX. Desde então nunca mais a perdeu.

Hermes Trismegisto ("O Três Vezes Grande") combina aspectos do deus grego Hermes e do deus egípcio Tot. Terá escrito, entre outros:

  • Corpus Hermeticum
  • Caibalion (Kybalion)
  • Tábua de Esmeralda

Segundo alguns investigadores, através de um apurado estudo da linguagem da época, os textos originais remontarão a 200 and 300 DC.

Corpus Hermeticum

É um conjunto de textos iniciáticos, datados provavelmente do século I ao século III, que representaram a fonte de inspiração do pensamento hermético e neoplatônico renascentista.

Na época, acreditava-se que a obra remontasse à antiguidade egípcia, anterior a Moisés, e que nela estivesse contido também o prenúncio do cristianismo.

Caibalion (Kybalion)

“Os lábios da sabedoria estão fechados, excepto aos ouvidos do entendimento.”

Escrito por "Os três iniciados" do hermetismo, mas, sem autoria oficialmente reconhecida, a obra, reúne trechos dos escritos herméticos, como a Tábua de Esmeralda, entre outros.

O livro aborda as sete principais leis herméticas, estas que se baseiam nos princípios que regem todas as coisas manifestadas.

A palavra Caibalion seria um derivado grego da mesma raiz da palavra Cabala, que em hebraico significa "recepção", embora essa origem do nome não seja oficialmente reconhecida.

Para os estudiosos, tanto a autoria, como a origem do nome do livro permanecem desconhecidos.

O livro descreve as seguintes leis herméticas:

  • Lei do Mentalismo: "O Todo é Mente; o Universo é mental".
  • Lei da Correspondência: "O que está em cima é como o que está em baixo. O que está dentro é como o que está fora".
  • Lei da Vibração: "Nada está parado, tudo se move, tudo vibra".
  • Lei da Polaridade: "Tudo é duplo, tudo tem dois pólos, tudo tem o seu oposto. O igual e o desigual são a mesma coisa. Os extremos tocam-se. Todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliáveis".
  • Lei do Ritmo: "Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem as suas marés, tudo sobe e desce, o ritmo é a compensação".
  • Lei do Género: "O Género está em tudo: tudo tem seus princípios Masculino e Feminino, o género manifesta-se em todos os planos da criação".
  • Lei de Causa e Efeito: "Toda a causa tem o seu efeito, todo o efeito tem a sua causa, existem muitos planos de causalidade mas nada escapa à Lei".

O Kybalion aponta que todo o universo existe como uma forma de pensamento na mente do Ser Supremo. Semelhante ao que experimentamos como um sonho. Remetendo a realização da Grande Obra para a esfera mental, as suas leis, estrutura e funções.

Tábua de Esmeralda

Sobre a "Tábua de Esmeralda" importa assinalar a primeira passagem: "O que está em cima é como o que está em baixo, e o que está em baixo é como o que está em cima".

Considerada por muitos como a chave base da alquimia, em cima e em baixo pode ser definido de diferentes formas.

Representa um mecanismo universal.

É um conceito holográfico da ideia de microcosmos dentro do macrocosmos global.

E funciona enquanto binário físico (mundo exterior) e espiritual (mundo interior).

Toda a criação tem simultaneamente uma estrutura interna e dinâmica invisível assim como um formato, estrutura e dinâmica externa, visível.

Uma é o reflexo da outra.

Enquanto o interior poderá não se assemelhar superficialmente ao exterior correspondem essencialmente o mesmo mecanismo, observado segundo dois pontos de vista distintos.

Iniciação

Mais do que a ciência de Hermes, a raiz do hermetismo é um processo de iniciação aos mistérios.

Em que os seus mistérios sagrados se revelam na jornada iniciática.

Definindo-se como A Grande Obra todo o processo suportado na procura determinada da evolução de consciência.

O Hermetismo, enquanto processo d'A Grande Obra, parte do princípio de existência de um Ser Superior que é causa da existência e que tem uma necessidade intencional e propósito expressa num mecanismo de desenvolvimento evolutivo.

Expresso nas forças da Natureza, nos seus diferentes reinos animal, vegetal e mineral.

E o iniciado reconhece a evolução em todas as coisas.

(1) O Renascimento corresponde ao período da história da Europa aproximadamente entre meados do século XIV e o fim do século XVI. Época de transformações evidentes na cultura, sociedade, economia, política e religião, caracterizando a transição do feudalismo para o capitalismo e significando uma evolução em relação às estruturas medievais, o termo é mais comumente empregado para descrever os seus efeitos nas artes, na filosofia e nas ciências.

NF

Bibliografia:

Hermetic Initiation by Parush

https://en.wikipedia.org/wiki/Hermeticism

https://pt.wikipedia.org/wiki/Hermes_Trismegisto

Grande Oriente de França

grande oriente franca

A Grande Loja Simbólica de Portugal trabalha com as Cartas Patentes dos Ritos Maçónicos do GRANDE ORIENTE DE FRANÇA, primeira Obediência Maçónica da Corrente Liberal e Adogmática, a nível mundial.

Saber Mais